Festival de Sanremo: competição de música italiana chega a 68ª edição

Desde 1951 a Itália é palco de um evento de música que ultrapassa gerações e estilos. O Festival de Sanremo, o mais importante do país europeu chega a sua 68ª edição em 2018. Durante cinco dias o Teatro Ariston recebe artistas da região e convidados internacionais.

O grupo Il Volo com uma homenagem a Sergio Endrigo, James Taylor, Negramaro, Nek, Max Pezalli, Francesco Renga, Giorgia e Fiorella Mannoia, são algumas das atrações desse ano. O evento é apresentado pelo diretor artístico da competição Claudio Baglioni, Michelle Hunziker e Pierfrancesco Favino.

Francesco Gabbani campeão da edição 2017. Foto: Reprodução

O mais votado irá representar a Itália no Eurovision 2018. Desde o surgimento do festival a Itália já contou com um total de 44 participações na competição. Esse ano o festival será realizado pela primeira vez em Portugal. Em 2017 o vencedor da disputa foi o português Salvador Sobral com a canção “Amar pelos Dois”.

Museu do Festival de Sanremo

Museu sobre o festival foi montado no Casino di Sanremo. Foto: Reprodução

A novidade dessa edição é o museu dedicado à principal competição musical italiana, dentro do Casino di Sanremo. Entre as relíquias estão o bandolim de Renzo Arbore, o vestido de Nilla Pizzi de 1958, uma juke Box e alguns microfones da década de 1950. O museu tem curadoria de Marco Canova.

O espaço é provisório, mas os organizadores já planejam criar um local permanente para preservar a memória do festival. “Durante muitos anos, estamos falando de um museu de música, e hoje é nosso primeiro passo: o objetivo é expandir o projeto”, explicou Biancheri.

Indicados para o “Campioni”

Roby Facchinetti e Riccardo Fogli — Il segreto del tempo

Nina Zilli — Senza appartenere

The Kolors — Frida

Diodato e Roy Paci — Adesso

Mario Biondi — Rivederti

Luca Barbarossa — Passame er sale

Lo Stato Sociale — Una vita in vacanza

Annalisa — Il mondo prima di te

Giovanni Caccamo — Moderno

Enzo Avitabile con Peppe Servillo — Il coraggio di ogni giorno

Ornella Vanoni, Bungaro, Pacifico — Imparare ad amarsi

Renzo Rubino — Custodire

Noemi — Non smettere mai di cercarmi

Ermal Meta e Fabrizio Moro — Non mi avete fatto niente

Le Vibrazioni — Così sbagliato

Ron — Almeno pensami

Max Gazzè — La leggenda di Cristalda e Cristomunno

Decibel — La lettera del Duca

Red Canzian — Ognuno ha il suo racconto

Elio e le storie tese — Arrivedorci


 Indicados para o “Nuovi”

Lorenzo Baglioni — Il congiuntivo

Mirkoeilcane — Stiamo tutti bene

Eva — Cosa ti salverà

Giulia Casieri — Come stai

Mudimbi — Il mago

Ultimo — Il ballo delle incertezze

Leonardo Monteiro — Bianca

Alice Caioli — Specchi rotti


Com informações: ANSA / ESC Portugal / Urbanna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *