Instituições de ensino têm até 20 de maio para aderir ao Prouni

As instituições de educação superior que desejarem participar do Programa Universidade para Todos (Prouni), referente ao segundo semestre de 2019, têm até o dia 20 de maio para manifestar interesse.

O prazo vale para novas adesões e aditamentos, que servem como uma atualização cadastral. Essa formalização é obrigatória em todas as edições para as universidades que querem participar do programa.

O procedimento deve ser feito por meio do Sistema Informatizado do Prouni, o SisProuni, disponível na internet. Depois de formalizar o interesse nesse período, as instituições têm até o dia 27 de maio para assinar o termo. O edital sobre o procedimento foi publicado no Diário Oficial da União na terça-feira, 30 de abril. Os termos de adesão informarão o número de bolsas que serão ofertadas para cada curso e turno.

A exceção vale para as que não possuem registro no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin) – em que a adesão é facultativa. Também não é obrigatória a renovação das que comprovarem a quitação de tributos e contribuições administrados pela Receita Federal.

Sobre o Prouni

O Prouni é um dos programas do governo federal que viabiliza o acesso ao ensino superior privado. No caso do Prouni, as vagas são ofertadas com bolsas de estudo que podem ser integral ou parcial, que correspondem à metade do valor das mensalidades cobradas pela instituição de ensino.

Para participar é preciso ter feito a edição mais atual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) obter uma média igual ou superior a 450 pontos nas provas objetivas e maior que zero na redação. Além disso, é necessário ter estudado o ensino médio em escola pública ou particular como bolsista integral da instituição e ter renda familiar per capita máxima de três salários mínimos. 


Com informações: Ministério da Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *