Mãe: Qualquer coisa que eu diga, vai ser pouco demais

Seu colo é conforto sublime, seu coração fonte de amor incondicional. Mãe é o milagre da vida que dá à vida o milagre da existência. 

Mãe não é só aquela que gera, mas aquela que dá amor, e que cuida.  Mãe: Qualquer coisa que eu diga, vai ser pouco demais.

O Conexão Boas Notícias traz um vídeo em homenagem a todas as Mães:



Obrigado Mãe

Naiara Azevedo

Pode passar o tempo que for
Não vai existir nada igual
Deus foi tão perfeito quando criou
Um ser sublime tão especial
Não importa como ela é
E nem importa de onde vem
Não importa a cor nem a religião
Importa é que todo mundo tem

Mãe é aquela que gera, é aquela que ama

É aquela que canta canção de ninar
E que no abraço faz o medo passar
Mãe é aquela que adota, que chama de filho
Que pega na mão e te ensina a andar
Te deita no colo e ensina a amar
Muito obrigado mãe

Qualquer coisa que eu diga, vai ser pouco demais
Só falar eu te amo mãe, vai faltar algo a mais
Quero te agradecer por me deixar nascer
Sei que você passou noites mal durmidas
Muito obrigado mãe, por ter me dado a vida

Mãe é aquela que gera, é aquela que ama
É aquela que canta canção de ninar
E que no abraço faz o medo passar
Mãe é aquela que adota, que chama de filho
Que pega na mão e te ensina a andar
Te deita no colo e ensina a amar
Muito obrigado mãe

Qualquer coisa que eu diga, vai ser pouco demais
Só falar eu te amo mãe, vai faltar algo a mais
Quero te agradecer por me deixar nascer
Sei que você passou noites mal dormidas
Muito obrigado mãe, por ter me dado a vida.

Você Sabia?

Foto: Reprodução

No Brasil, o primeiro Dia das Mães foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918.

Em 6 de maio de 1932, Getúlio Vargas, então Presidente da República, atendendo a um apelo da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, assinou decreto-lei considerando o segundo domingo de maio consagrado às mães, “em comemoração aos sentimentos e virtudes que o amor materno concorre para despertar e desenvolver no coração humano, contribuindo para o seu aperfeiçoamento, no sentido da solidariedade humana”.

Em 1947, a data do Dia das Mães passou a ser incluída no calendário oficial da Igreja Católica no Brasil.

Dia das Mães 

Dia das Mães no Brasil é comemorado anualmente no segundo domingo de maio, por este motivo, esta data é móvel, sendo modificada todos os anos.

Confira quando cairá o Dia das Mães nos próximos anos:

• Dia das Mães 2020 – 10 de maio de 2020

• Dia das Mães 2021 – 9 de maio de 2021

• Dia das Mães 2022 – 8 de maio de 2022

• Dia das Mães 2023 – 14 de maio de 2023

Além do Brasil, muitos países comemoram o Dia das Mães. Nem sempre na mesma data que nós. Na Noruega, o Dia das Mães é o 2º domingo de fevereiro. Na África do Sul e em Portugal, no 1º domingo de maio. Na Argentina é o 2º domingo de outubro. Na Espanha, o Dia das Mães é o dia 8 de dezembro.

Mãe é mãe todos os dias! 


Com informações: Uol / Calendarr Brasil / Letras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *