O falar é de prata, o silêncio é de ouro

O mundo anda tão cheio de barulho, decibéis em alta. Tudo enfim, chamando a atenção para a agitação.

A praticidade da vida caminhando para o sonoro. Dentro ou fora de nós, nada se aquieta. Queremos nos comunicar, necessitamos de respostas em tempo recorde, não sabemos silenciar, suportar a voz que cala, e sofremos com a falta de respostas. 

Tem-se a impressão que o Silêncio foi banido. Porém no meio de toda vozearia, precisamos de serenidade.

Cultivar o silêncio é imprescindível, pelo menos em alguns minutos por dia.

As nossas sociedades investem tanto na capacitação dos indivíduos na eficácia da palavra.  No entanto, tão pouco destinam no aperfeiçoamento do silencio.

Mulher sentada numa rocha. Silêncio. Foto: Reprodução

Somos despreparados e analfabetos do silêncio, e esse é um dos motivos porque não sabemos viver em paz.

Precisamos de uma iniciação ao silêncio, que é o mesmo que dizer uma aprendizagem à arte de escutar. 

O silêncio é um vínculo que une. Na Bíblia Sagrada Jesus por muitas vezes retirava-se para lugares solitários, silenciosos, para estar sozinho com Deus.  Lucas 5:6

Para ouvir a voz do pai, nada melhor que buscar um lugar silencioso.

Homem sozinho sentado num banco. Foto: Reprodução

No curso de nossas vidas, passamos por experiências que nos moldam. “Mudança é difícil mas quase sempre essencial à sobrevivência.” Les Brown

Entretanto é desafiador o ser humano passar do estado de falante, para silencioso, quando envolvido por uma determinada circunstância, que mais vale a pena ficar calado, do que falar.

É muito difícil acalmar a mente para criar um lugar de quietudeFicar em silêncio por algum tempo torna-nos mais disciplinados nas nossas conversações.

Cada vez mais estamos perdendo o prazer de silenciar, de se interiorizar, refletir, meditar.

Silêncio e Palavras. Foto: Reprodução

O sábio Rei Salomão, do Israel antigo, escreveu: “Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião . . . Tempo de ficar calado e tempo de falar”.  Eclesiastes 3:1,7

Quando paramos de falar e ficamos em silêncio, passamos a ouvir com atenção. O silêncio aprofunda nosso relacionamento com Deus e com os outros. A prática do silêncio faz-nos descobrir o que o nosso espírito tem a dizer.

O ato de não falar pode ser um forte elo de conexão com a nossa própria essência e natureza humana. Os ensinamentos orientais tratam desta ferramenta importante no caminho do autoconhecimento.

Mulher em silêncio. Foto: Reprodução

“O falar é de prata, o silêncio é de ouro.” Assim reza um antigo provérbio que se acredita ser de origem oriental. 

“Quando praticamos o silêncio, retiramos os ruídos que nos cercam e somos levados a um lugar de clareza, que permite uma separação entre nossa essência e a agitação da mente. Nos tornamos observadores de nós mesmos e do mundo.”

“O silêncio te faz encontrar aquela voz interior. É um encontro consigo mesmo.”

Guardar silêncio demostra sabedoria. “Quem despreza seu próximo demonstra falta de senso; o homem sábio guarda silêncio”.

“O perverso trai os segredos, enquanto um coração leal os mantém ocultos.” Provérbios 11:12,13

Pítagoras deixou escrito: “Escuta e serás sábio. O começo da sabedoria é o silêncio”.

Pedras em equilíbrio. Sabedoria. Foto: Reprodução

Pelo menos em 3 situações na vida é necessário ficar calado: em sinal de respeito, como evidência de descrição e discernimento e como ajuda à meditação.

Sinal de respeito

‘Ficar calado’ pode ser um sinal de respeito ou honra. O profeta Habacuque disse: “Jeová está no seu santo templo. Cala-te diante dele, toda a terra!” Habacuque 2:20

Os adoradores verdadeiros devem ‘esperar, mesmo silenciosos, a salvação da parte de Jeová’. Lamentações 3:26

O salmista cantou: “Fica quieto diante de Jeová e espera ansiosamente por ele. Não te acalores por alguém tornar seu caminho bem sucedido”. Salmo 37:7

Evidência de discrição e discernimento

A Bíblia diz: “Quem refreia seus lábios age com discrição.” “O homem de amplo discernimento é quem se mantém calado”. Provérbios, 10:19,11,12.

Jesus mostrou discrição e discernimento nas ocasiões em que preferiu o silêncio. Ao discernir que seria inútil falar em meio a um clima hostil provocado por seus inimigos, “Jesus ficou calado”. Mateus, 26:63

Ao ser julgado por Pilatos, Jesus “não deu nenhuma resposta”. Discretamente preferiu que sua reputação pública falasse por si mesma. Mateus, 27:11-14

Refrear nossas palavras na presença de pessoas más demonstra discrição. Muitas vezes o silêncio é muito mais eloquente e eficaz do que palavras ditas. 

Ajuda para meditação

A respeito do homem que anda no caminho da justiça, as Escrituras dizem que ‘ele lê a lei de Deus dia e noite em voz baixa’. Salmo, 1:2

A Bíblia Almeida diz: “Na sua lei [ele] medita de dia e de noite.” Qual é a circunstância mais favorável à meditação?

Isaque, filho do patriarca Abraão, ‘saiu a passear, a fim de meditar no campo, por volta do anoitecer’. Gênesis, 24:63

Ele escolheu um momento e um local tranqüilos para meditar. O Rei Davi meditava durante o silêncio das “vigílias da noite”. Salmo, 63:6

Jesus, um homem perfeito, procurava meios de suprir sua necessidade de momentos de solidão e meditação longe do barulho de multidões, em recantos nas montanhas, áreas desertas e outros lugares. Mateus, 14:23 – Lucas, 4:42; 5:6

Homem em autoanálise. Foto: Reprodução

Uma palavra ao mesmo tempo atrativa e aterrorizante, capaz de sugerir, de um lado, paz e recolhimento, e de outro, medo e solidão.

Visivelmente os efeitos restauradores do silêncio são incontestáveis. Ele pode proporcionar um ambiente favorável para uma sadia autoanálise, um pré-requisito essencial para o aprimoramento pessoal.

O silêncio pode promover a paz mental. Meditar durante períodos de silêncio pode ajudar a desenvolver a modéstia e a humildade no nosso íntimo e realçar o apreço pelas coisas realmente importantes na vida.

Resultado de imagem para O silêncio      Onde quer que vc esteja, seja a alma deste lugar...

 O silêncio

Onde quer que você esteja, seja a alma deste lugar…

Discutir não alimenta.    

Reclamar não resolve.

Revolta não auxilia. 

Desespero não ilumina. 

Tristeza não leva a nada. 

Lágrima não substitui suor. 

Irritação intoxica. 

Deserção agrava. 

Calúnia responde sempre com o pior. 

Para todos os males, só existe um medicamento de eficiência comprovada.

Continuar na paz, compreendendo, ajudando, aguardando o curso sábio do Tempo, na certeza de que o que não for bom para os outros não será bom para nós…

Pessoas feridas ferem pessoas.

Pessoas curadas curam pessoas.

Pessoas amadas amam pessoas.

Pessoas transformadas transformam pessoas.

Pessoas chatas chateiam pessoas.

Pessoas amarguradas amarguram pessoas.

Pessoas santificadas santificam pessoas.

Quem eu sou interfere diretamente naqueles que estão ao meu redor.

Acorde…

Se cubra de Gratidão, se encha de Amor e recomece… 

O que for benção pra sua vida,  Deus te entregará, e o que não for, ele te livrará! 

Um dia bonito nem sempre é um dia de sol…

Mas com certeza é um dia de Paz.

Paz e Luz!

Homem ajoelhado em oração. Foto: Reprodução

No Silêncio



Com informações. Bíblia Sagrada Online / Jesuitas Brasil / A Sentinela


Por Josy Gomes Murta, da Redação do Conexão Boas Notícias

Formada pelo Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil / Curso Bíblico Ministerial (2004/2005)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *