Campus Party tem início em Brasília

A edição brasiliense da Campus Party, um dos maiores eventos sobre tecnologia do país, teve início hoje (19) na capital.

Na cerimônia de abertura, organizadores e autoridades destacaram a importância da tecnologia para o desenvolvimento do país e a necessidade de fomentar talentos de modo a estimular o desenvolvimento de inovações no Brasil.

O evento vai até o dia 23. A expectativa da organização é que passem pelo local cerca de 6 mil pessoas, sendo 2,5 mil acampados no espaço, montado no Estádio Mané Garrincha, na área central da cidade.

A Campus Party visa aproximar desenvolvedores, empreendedores, pesquisadores e cidadãos mediante palestras, apresentação de projetos e atividades de formação em diversos temas, como robótica, cibersegurança, blockchain (tecnologia distribuída que serve de base para transações financeiras) e realidade virtual.

Na cerimônia de abertura, o diretor-geral da Campus Party, Tonico Novaes, disse que o foco do evento é nos participantes, para que eles possam aproveitar os cinco dias para aprender, trocar conhecimentos e desenvolver ideias que possam gerar novas propostas de tecnologias voltadas à geração de benefícios para a sociedade.

Foto: Reprodução

“A gente quer cada um de vocês ‘hackeando’ este evento, trazendo soluções para mudar o mundo. Não importa o propósito. Queremos vocês usando a tecnologia para atingir um mundo mais plural, mais diverso, onde todos nós podemos ter oportunidades”, disse.

Representantes do governo do Distrito Federal enalteceram a edição que ocorre na cidade. A Campus Party em Brasília é considerada uma das maiores do mundo. O secretário de Ciência e Tecnologia do DF, Gilvan Máximo, manifestou a intenção de fazer da capital a “primeira cidade inteligente do país”. Ele anunciou que nos próximos meses deverão circular até 50 carros elétricos compartilhados nas ruas do Distrito Federal.

O evento

Na arena de debates, a principal palestra será com o empreendedor britânico e executivo na área de aviação Bruce Dickinson, mais conhecido por ter estado à frente de uma das maiores bandas de rock pesado do mundo, o Iron Maiden.

Outra palestra prevista será com a professora Débora Garófalo, incluída no ranking das 10 principais docentes do mundo pela Global Teacher Prize. Ela discutirá as mudanças contemporâneas na educação.

O tema da educação será abordado em outras atividades reunidas em torno do Fórum Educação do Futuro. O objetivo das atividades será discutir os desafios do ensino em uma sociedade em transformação e cada vez mais atravessada por tecnologias, bem como as competências e habilidades desejadas para os alunos nos próximos anos.

Crianças e estudantes

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Campus Party Brasília tem diversas atividades voltadas para adolescentes. O espaço que ganhou o nome de crianças hackers vai oferecer oficinas sobre diversos temas voltados para a tecnologia com foco na faixa etária de oito a 16 anos.

Outra iniciativa, chamada de Campus Future, selecionou 20 projetos de estudantes que serão apresentados aos visitantes.

Segundo a organização do evento, entre os projetos escolhidos, estão iniciativas voltadas a diversos temas: saúde, sustentabilidade, educação, agronegócio e robótica.

Simuladores e drones

Além de visitar os projetos, os participantes vão poder também utilizar a tecnologia para vivenciar situações bem diferentes. Estarão disponíveis simuladores de carros de corrida, asa delta e helicóptero.

Também haverá uma arena de drones, com voos mostrando diferentes modelos e uma batalha com esses equipamentos, na qual os inscritos terão de mostrar seu desempenho de acordo com tarefas definidas pelos organizadores.


Com informações: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *