O mercado de eventos é um dos que mais cresce no País

Segundo dados de 2016, da ABEOC – Associação Brasileira de Empresas de Eventos, o mercado cresce em média, 14% ao ano. Em 2017 movimentou R$ 17,2 bilhões e segundo os especialistas o mercado tende a se manter em crescimento em 2018.

Dos tipos de eventos que mais têm movimentado o setor estão os eventos sociais, que praticamente não foram afetados pela crise econômica.

Pesquisa da ABRAFESTA – Associação Brasileira de Eventos Sociais, aponta que os brasileiros estão casando mais. São realizadas 1,1 milhões festas de casamento por ano. Estudo mostra ainda, que 1,7 milhões de meninas farão 15 anos, em 2018, uma boa projeção para as festas de 15 anos.

As festas de formatura também é um nicho de mercado que rende bons negócios. Segundo dados da ABRAFESTA, o Brasil tem 7,3 milhões de universitários, que movimentam R$ 637 bilhões.

Foto: Reprodução

O mercado de festas infantis representa 16% dos eventos sociais. De acordo com os dados do IBGE, 20% da população brasileira é composta por crianças. As festas infantis compreendem os aniversários, batizados, descoberta do sexo do bebê, mêsversário, festas juninas infantis, podendo crescer 30% em 2018.

São frequentes os eventos corporativos para estimular network, entre os diversos setores das empresas e celebrar metas atingidas.

É preciso estar preparado para atender a esse mercado de eventos. O nível de exigência dos clientes desse segmento é cada vez maior, e vai desde a escolha do cardápio à maneira de servir. A demanda cada vez maior por alimentação integral, orgânica e comida vegana, produtos sem glúten e sem lactose, também estão presentes no portfólio dos eventos, como um diferencial.

Foto: Reprodução

A instabilidade econômica tem contribuído para a redução de patrocinadores dos eventos e o aumento de investimento por parte dos participantes dos eventos. Portanto, parcerias estão cada vez mais fortalecendo as redes de negócios e os eventos.

A criatividade também faz parte da estratégia dos eventos, visando adequar o sonho do cliente ao orçamento disponível e proporcionar encantamento aos participantes. Evento é sempre uma celebração, um momento memorável.  Realizar eventos seguindo padrões já estabelecidos, sem inovação e sem criatividade, estão com os dias contados para o insucesso.

Evento Ruraltur em Juazeiro do Norte – CE – 2016. Foto: Arquivo Pessoal

Aguarde!

O SEBRAE-PB, juntamente com os profissionais do Curso de Empreendedores em Eventos, realizará no dia 23 de outubro o Encontro de Profissionais e Empresas de Eventos, das 14h às 19h. no Centro de Educação Empreendedora do SEBRAE.

Todos os fornecedores de serviços para eventos, precisam estar nesse Networking Experience, pois muitos negócios estão para serem fechados, durante esse Encontro.

Veja a Programação a seguir:

 14h00 — Credenciamento

15h00 — Abertura

15h15 — Palestra Marketing Digital no Mercado de Eventos

 • Palestrante: Vinnie de Oliveira

16h00 — Networking Experience

17h00 — Palestra: A Arquitetura Cenográfica como Ferramenta de Experiência em Eventos

 • Palestrante: Leila Bueno

17h40 — Palestra: O Futuro dos Eventos

• Palestrante: Rodrigo Cordeiro

19h00 — Confraternização e Coffee Break de Encerramento

Para finalizar deixo aqui uma mensagem: “O segredo do sucesso em eventos é estar conectado em rede, sempre se qualificando e usando a criatividade, para que cada evento seja único e inesquecível”.


Regina Medeiros Amorim

Gestora de Turismo e Economia Criativa. Paraibana, sertaneja, natural de Santa Luzia. Em 1976 mudou-se para a capital paraibana. Viveu em Maceió (Al) de 1989 a 1999.  Radicada em João Pessoa desde 2000.

Trabalha no Sebrae da Paraíba. Mestre em Visão Territorial e Sustentável do Desenvolvimento, Pós-graduada em Gestão e Marketing do Turismo.

Facebook: https://www.facebook.com/regina.medeirosamorim

E-mail: reginaamorim1256@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.