Relatos de um Repórter

Relatos de um Repórter, meu quinto livro, idealizei há alguns meses a partir de rever algumas centenas de fotografias que guardo nesses quase 30 anos de atuação na imprensa oficial do Governo da Paraíba. Decidi escrever textos relatando minhas vivências como repórter da Rádio Tabajara, da Secretaria de Comunicação Institucional do Governo e do jornal A União.

A idéia era publicar o livro em setembro mas por conta da legislação eleitoral precisei adiar para novembro, talvez dezembro. É que há fotos de alguns políticos que são candidatos nesse pleito.

A princípio seria uma plaquete mas acabou se tornando um livro com 142 páginas e 300 fotografias. Parte dessas fotos estará em páginas coloridas. São imagens de reportagens, momentos de pausa para uma foto aqui, outra ali, nos caminhos da Paraíba. Fotografias de entrevistas de governadores, deputados, fotos de algumas obras e muitas fotografias com colegas e amigos da imprensa nos períodos da Tabajara, da Secom-PB, do jornal A União, além da Assembleia Legislativa onde trabalhei por dois anos e meio.

Dividi o livro em sete capítulos. Não é livro de memórias, apenas registro alguns fatos de minha trajetória de jornalismo. As coberturas de agendas dos governadores e de alguns presidentes da República na Paraíba; reportagens especiais; dentre outros temas.

É um livro que celebra a vida, a amizade, a paixão pelo jornalismo. A apresentação da obra é assinada pela amiga jornalista e pesquisadora Thamara Duarte. O prefácio é de Nakamura Black, outro amigo de profissão desde os tempos da Rádio Tabajara.

A obra não vai ser vendida mas distribuída com familiares, amigos e colegas da imprensa paraibana. Não há lições de jornalismo, pois não sou mestre no assunto. Sou apenas um repórter pesquisador. Até aqui contribui com a publicação de dois livros sobre a Rádio Tabajara, um sobre os governos da Paraíba e outro em que reuni depoimentos de 120 jornalistas que atuaram ou ainda atuam no jornal A União. 

Esta semana fiquei sabendo que o grande jornalista Frutuoso Chaves, publicará seu livro de memórias “Papo de Rede”. Gostaria mesmo que diversos outros profissionais veteranos da comunicação em nosso estado publicassem suas memórias. O secretário executivo da Comunicação do Governo, jornalista e escritor Tião Lucena, também escreveu suas memórias e vai publicar ainda esse ano. Os estudantes dos cursos de Comunicação e os jovens jornalistas e radialistas, precisam tomar conhecimento sobre essas experiências nas redações dos jornais, rádios e TVs.

Quem sabe também teremos futuramente os relatos de Gonzaga Rodrigues, Walter Galvão, Wellington Farias, Martinho Moreira Franco, Agnaldo Almeida, Cleane Costa, Walter Santos, Sílvio Osias, Carlos Aranha, Adelson Barbosa e tantos outros grandes nomes de nossa imprensa.


Josélio Carneiro

Jornalista e radialista. Natural de Gurinhém (PB). Em 1983, publicou o livreto “Poemania”. Graduado em Comunicação Social pela UFPB. Trabalha no momento, simultaneamente, em três novos livros: a coletânea A União Minha Escola de Jornalismo; Liceu Paraibano – berço da cultura e do jornalismo; e Mulheres Políticas – leis de autoria de deputadas estaduais paraibanas 1982 a 2017. Através da JCA Editor está contribuindo com o resgate da memória da Paraíba em algumas áreas. 

Na juventude também escreveu poemas e planeja publicá-los. Casado com Maria Aparecida, pai de Cindy e Ana Maria.

Facebook: https://www.facebook.com/joselio.carneiro

E-mail: joseliocarneiro@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.